domingo, 19 de agosto de 2012

* MARINHEIRO, TORNE SEU CURRÍCULO ATRATIVO!


Saiba como montar seu currículo para agradar o proprietário de barco.

O currículo, mais do que uma carta de apresentação é também um panorama atual de seus trabalhos e realizações profissionais. Além de conter os últimos barcos que você trabalhou, deve conter cursos realizados e os conhecimentos que você adquiriu durante suas navegações. 

Um currículo muito desatualizado pode fazer com que perca a oportunidade de conseguir um novo embarque, pois demonstra descuido e não informa devidamente sobre a sua atuação. Também vale lembrar que muitos barcos citados no seu currículo pode pegar fama de marinheiro “pula pula” na visão do proprietário.

Dica:

É muito importante descrever suas principais navegações, suas habilidades com os barcos e as tarefas mais requisitada pelo ex-patrão. Isso ajuda (e muito) você a se destacar entre outros currículos de marinheiros.

Apenas listar os barcos pelos quais você passou, fazendo uma descrição “crua” das suas obrigações fazem com que o seu currículo seja mais um entre muitos outros. 

Crie um currículo diferente. Descreva suas funções passo a passo, o que aprendeu executando cada tarefa e sugira novas estratégias de navegação, oferecendo ao futuro patrão segurança e qualidade no trabalho a ser exercido.

Evite mencionar no currículo as razões pelas quais você deixou os barcos anteriores, falar mau do ex-patrão (nem pensar) ou o fato de você estar com o nome sujo na praça. Esses assuntos, não devem ser mencionados nem durante a entrevista mesmo se o proprietário perguntar.

O currículo é o resumo dos seus últimos embarques, ou seja, os mais importantes de sua carreira. Então é hora de deixar de lado embarques passageiros, favores a outros navegadores e navegações sem importância.

“Cite somente os barcos que tenham grande influência em sua vida profissional”

O currículo pode até ser um pouco longo, mas as informações devem ser claras para que possa atrair a atenção do proprietário de barco.

Enviar um currículo por e-mail pode ser mais fácil, porem se você puder entregar IMPRESSO e em mãos, suas chances de conquistar o embarque poderá ser maior. 

A boa qualidade do papel também deve ser levada em conta, além de facilitar a leitura, mostra o quanto você se importa com sua imagem e com sua carreira.

Não esqueça de ler, reler e checar possíveis erros gramaticais. Pedir para um amigo marinheiro ler seu currículo é uma boa saída para não deixar passar pequenos erros.
O currículo nada mais é do que uma comunicação profissional e deve ser escrito de maneira formal, clara e impessoal. Procure evitar o uso de pronomes pessoais nas frases e coisas do tipo "GIRIA DE MARINHEIRO". Cuide também com o uso excessivo do pronome "eu" pode dar a ideia de um marinheiro egoísta e prepotente.

Se você tem experiência em outras atividades, como mecânica, elétrica, hidráulica, entre outros e acredita que todos eles devam ser incluídos, evite colocá-los por ordem cronológica ou por outro critério que embaralhe os dados. Separe os segmentos por tópicos diferentes, como cursos e experiências. Assim seu currículo fica mais claro e você não confunde a cabeça do proprietário do barco.

Esqueça! Tanto nomes de filhos e parentes como números de documentos (RG,carteira de habilitação, CIC, etc) servem apenas para cadastro em sites. Os selecionadores não querem perder tempo lendo detalhes que podem ser conferidos depois. Portanto, não mencione essas informações no início.

Não aplique cores e muitos recursos no texto do currículo. O texto limpo é uma das garantias de que o selecionador não vai se cansar de ler.

" Não tenha medo nenhum da concorrência e na hora da entrevista se o proprietário do barco perguntar o que você acha do "Marinheiro fulano", seja neutro e só responda perguntas relacionadas a você."

Um abraço e boas navegações

Ney Broker
Capitão Amador
E-mail e Msn: neybroker@hotmail.com

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...