terça-feira, 8 de setembro de 2015

* SELO SERA USADO POR ESTALEIRO PARA IDENTIFICAR BROKER EM FEIRA NÁUTICA

Foto: Ilustração/Internet
O problema não é a criação de um selo para identificar o Broker, mas sim, o de ter que trabalhar para os estaleiros por salários tão baixo. 

Alguns estaleiros fazem cada proposta que as vezes acho que não trabalho com o mercado de luxo.  

Uma das ultimas proposta que recebi veio de um estaleiro aqui de santa catarina, que me ofereceu R$ 1.750,00 de salario!?!? Ou Melhor, não existe salario, este valor seria apenas para uma ajuda de custos (e para ser resgatado eu teria que provar o gasto através de notas fiscais).

Alem do "Salario-Ajuda de custo" eu teria que ir todo dia no estaleiro, viajar, participar de feiras nauticas, acompanhar a construção do barco, dar assistência ao cliente enquanto o barco estiver na garantia ( 2 anos), e receberia por isso (se vender) uma comissão de 1,5% em cima do valor dos barcos novos e 2,5 % dos seminovos (barco de estoque).  Assim fica difícil né, até porque atualmente qualquer funcionário recebe salario de "R$ 2.000,00" em qualquer empresa de pequeno e médio porte.

Melhor então, ficar trabalhando em "home office" com clientes particulares, vendendo os barcos usados para faturar de 5% a 6% da venda.

Só para comparar: 

Quem é do ramo náutico sabe que R$ 1.750,00 é salario de marinheiro iniciante, e que um bom  Marinheiro (Capitão) tem salario de R$ 4.500,00. Ressaltando também que um pequeno e seleto grupo de Marinheiros chega a receber até R$ 9.000,00/mês. 

Espero que a associação que criou este "selo" junto com os estaleiros coloquem a mão na consciência e valorize os verdadeiros Brokers... e não apenas use esses broches para formar "tiradores de pedidos" em feiras náuticas.

Deixando claro que não tenho nada contra os brokers que trabalham em estaleiros, nem com os que estão iniciando na área, só acho meio "estranho" esses movimentos fazerem  reuniões de Brokers as escondidas e escolher a dedo quem ira receber essas "medalhas". 

Acho isto, um insulto ao profissional que ja esta ha mais tempo no mercado, sem falar que (na minha opinião) este tipo de "proposta" acaba sendo um tiro no próprio pé do estaleiro.

Pois... 

" No momento de crise, não existe magica nas vendas de barcos, para ter um departamento comercial bem estruturado é preciso investir na empresa e contratar brokers que realmente sabem o que estão fazendo, senão fica aquela velha historia: O estaleiro finge que paga e o broker estaleiro finge que vende" 

Clique aqui e confira o artigo que gerou meu comentário.

Um abraço e bons negócios!

Ney Broker

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...