sexta-feira, 4 de março de 2011

* EPIRB (EMERGENCY POSITION INDICATING RADIO BEACON)

O Epirb é um equipamento sinalizador de emergência via satélite que opera SARSAT - GMDSS

– Será que funciona no Brasil?

Muitos proprietários quando adquirem uma embarcação fazem a mesma pergunta: 

- Vale a pena comprar um EPIRB?

Quando ativado (manual ou automaticamente através do contato com a água*), o Epirb envia um sinal via satélite (406 MHz) e via radio (121,5MHz)** indicando o número MMSI e localização da embarcação (quando é conectado a um GPS ou tem um GPS incorporado).

Se o sinal de GPS não está disponível, os satélites localizam o EPIRB através de triangulação, com uma precisão de 2 milhas marítimas, após 30 minutos de emissão do sinal.

Como funciona o GMDSS (Global Maritime Distress and Safety System)?

Para o oceano Atlântico existe um centro de Coordenação e Resgate Marítimo, com base nos EUA, que capta e localiza o sinal do EPIRB.

Através do número MMSI, identifica a embarcação na qual o EPIRB está registrado.

Este centro comunica a Marinha do Brasil (SALVAMAR/ CON - Comando de Operações Navais), que organiza e coordena a operação de busca e salvamento.

Atenção: sempre que um EPIRB é acionado é disparada pela Marinha do Brasil uma operação de busca e salvamento. Por isso se você tiver esse equipamento em seu barco não deixe crianças ou curiosos mecher nesse equipamento sem nescessidade. Use só em caso de emergência.

A Revista Náutica publicou em uma de suas revistas um fato ocorrido com um veleiro de um casal de franceses perto de Fernando de Noronha, que ativaram o EPIRB e 2 horas depois foram resgatados (veja notícia abaixo).


Casos como estes mostram que realmente vale a pena ter esse equipamento de salvatagem a bordo. 

Fonte: Marine Express

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...