segunda-feira, 4 de agosto de 2008

* O CAPITÃO E O MARINHEIRO QUE NÃO SABIA NADAR

Essa é uma história contada por um velho Capitão que Trabalhava em uma escuna de passeios. 

O Capitão estava com a escuna em manutenção em um dia que não haveria passeio, e ao caminhar pelo convés da escuna, viu um dos membros da tripulação (o marinheiro) escalando as cordas que seguravam o mastro para soltar um cabo que la estava preso. 

Quando estava na metade da escalada, a escuna balançou ao receber em seu través a onda causada por uma embarcação que passava pelo local, a escuna pendeu para um lado e para o outro e o marinheiro foi jogado ao mar. 

Quando bateu na água, começou a gritar por ajuda, comunicando que não sabia nadar, enquanto batia os braços descontroladamente, se esforçando para sobreviver. 

Outro tripulante da escuna viu de longe que o Capitão observava o marinheiro na água de forma calma e tranqüila, sem esboçar nenhuma reação. 

Após um curto tempo o marinheiro na água se cansou e começou a afundar. Imediatamente o capitão que observava tranqüilo pulou ao mar e salvou o marinheiro que já estava se afogando. 

Depois que ambos estavam em segurança a bordo, o tripulante que tinha observado tudo de longe, se dirigiu até o Capitão e perguntou: - Porque você esperou tanto tempo para saltar na água e salvar o marinheiro, sabendo que ele não sabia nadar? 

Com a mesma calma, o Capitão respondeu: 

- Eu percebi que o marinheiro lutava muito na água e era grande a possibilidade de ambos morrerem se eu saltasse rapidamente. Há muito tempo eu aprendi que é melhor deixar alguém que não sabe nadar lutar por algum tempo no mar, e quando chegar ao fim de sua própria força, saltar na água e salvá-lo com segurança. 

Essa história recebeu algumas alterações espero que sirva como experiência para muitos Marinheiros.

Ney Broker
E-mail e Msn: neybroker@hotmail.com

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...